#Espertalhões

#Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

#Novas Aprendizagens

# Carta ao Senhor Ministro ...

# Primavera

# Se eu fosse um grilo

# Um dia triste

# A Ideia do Timóteo

# A Ideia do Timóteo - II

# A Ideia do Timóteo - I

# Se eu fosse um espantalho

# Espanta-Pardais e Maria P...

# Espanta-Pardais

#Já Aprendemos

# Junho 2008

# Maio 2008

# Abril 2008

# Março 2008

# Fevereiro 2008

# Janeiro 2008

#Visitantes

#Estamos a Ouvir


Aquarela - Toquinho

#tags

# todas as tags

blogs SAPO

#Estamos a Ver

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

O Boneco de Neve

 

Um dia eu estava com os meus pais, mas não tinha ninguém, da minha idade, para brincar e resolvi fazer um boneco de neve. Fui-me afastando, afastando e quando me apercebi que estava perdida já estava muito distante. Fiquei preocupada, não sabia o que havia de fazer e comecei a fazer um boneco de neve. Como lhe achei piada resolvi dar-lhe o nome de Nevão e como estava com sono adormeci ao pé dele.
No dia seguinte, não tinha nada para fazer, até que oiço uma voz a dizer-me:
- Olá.
Eu perguntei quem estava ali e disseram:
- Sou eu, o Nevão.
Ao saber que desde que o fiz não estive sozinha fiquei muito feliz.
Passados alguns dias vi um casal muito triste e fui lá ver quem eram. Disse ao Nevão para ficar onde estava e fui ver quem era o casal. Quando vi que eram os meus pais dei-lhes um grande abraço, mas para o Nevão não ficar sozinho fiz uma boneca de neve girinha e ele ficou com ela para sempre e fui com os meus pais, mas fiquei sempre ao lado deles, nunca mais me perdi.
(Inês)

 

 

Bons Sentimentos:
Publicado por Espertalhões às 15:54

| Deixe Comentário
|
1 comentário:
De miguel a 11 de Abril de 2008 às 15:01
Está muito giro, Inês.

Comentar Post