#Espertalhões

#Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

#Novas Aprendizagens

# Carta ao Senhor Ministro ...

# Primavera

# Se eu fosse um grilo

# Um dia triste

# A Ideia do Timóteo

# A Ideia do Timóteo - II

# A Ideia do Timóteo - I

# Se eu fosse um espantalho

# Espanta-Pardais e Maria P...

# Espanta-Pardais

#Já Aprendemos

# Junho 2008

# Maio 2008

# Abril 2008

# Março 2008

# Fevereiro 2008

# Janeiro 2008

#Visitantes

#Estamos a Ouvir


Aquarela - Toquinho

#tags

# todas as tags

blogs SAPO

#Estamos a Ver

Terça-feira, 6 de Maio de 2008

O Meu Mundo

No meu mundo há muitas casa grandes, pequenas e médias.
Há muitas pessoas, também há arvores, flores, erva, folhas, montanhas e é tudo muito giro.
Bem lá no alto do céu há uma bola pequenina a que chamamos lua. Ela vive com as estrelas, com alguns mochos e com o seu chapéu. Ela é muito querida!
Eu costumo brincar com os meninos que me aparecem à frente, mas os que me parecem ser bondosos, carinhosos e bem educados. Jogo à macaca, ao lagarto pintado, ao eixo, à apanhada, etc...
O meu mundo chama-se  "O mundo da brincadeira", porque cá nós só brincamos a brincadeiras que não têm mal.
Eu tenho duas amigas, chamam-se Sara e a Rita.
Nas montanhas existem dragões e monstros. As montanhas são a pior parte, mas há uma barreira que não os deixa passar.
Eu vivo numa vivenda enorme com cinco piscinas, dois campos de ténis e nove parques com baloiços, etc...
É aqui que eu vivo e vou continuar a viver!
 
Sara Pires
 
 
 
 
Bons Sentimentos: No Meu Mundo
Publicado por Espertalhões às 18:11

| Deixe Comentário
Segunda-feira, 5 de Maio de 2008

Sistema Solar - Neptuno

Neptuno é o oitavo planeta do nosso Sistema Solar e situa-se a uma distância de 4.497 milhões km do Sol.
O Sistema Solar é constituído por nove planetas. Os planetas chamam-se Mercúrio, Vénus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Neptuno e Plutão.
A principal estrela do sistema solar é o Sol.
A diferença entre um planeta e uma estrela é a luz. Os planetas não têm luz própria e as estrelas têm.
Sabe-se que Neptuno durante alguns anos é o planeta mais distante do nosso sistema solar devido à interferência que a órbita do planeta Plutão tem sobre a órbita do planeta Neptuno.
Neptuno é constituído por vários gelos e rochas, tem 4 anéis e 13 luas.
O Neptuno é o Deus da mitologia dos antigos romanos.
Eu acho que o planeta Neptuno é muito giro porque gosto da cor dele.
(Pesquisa feita pela Maria)
Bons Sentimentos: Com a cabeça no espaço
Publicado por Espertalhões às 16:59

| Deixe Comentário | Quem nos escreveu (1)

Sistema Solar - Urano

A característica mais notável de Urano é a estranha inclinação do seu eixo de rotação, quase noventa graus em relação ao plano da sua órbita; essa inclinação não é somente do planeta, mas também dos anéis, satélites e campo magnético. Urano tem a superfície mais uniforme de todos os planetas, tendo uma cor azul-esverdeada, produzida pela combinação de gases existentes na sua atmosfera, e tem anéis que não podem ser vistos a olho nu; além disso, tem um anel azul, que é uma peculiaridade planetária. Tem 27 satélites ao seu redor e um fino anel de poeira.
Bons Sentimentos: Com a cabeça no espaço
Publicado por Espertalhões às 16:53

| Deixe Comentário

Sistema Solar - Saturno

É o segundo maior, após Júpiter dos planetas gigantes do sistema solar, porém o de menor densidade, tanto que se existisse um oceano grande o bastante, Saturno flutuaria nele. O seu aspecto mais característico é seu brilhante sistema de anéis, o único visível da Terra. O seu nome provém do deus romano Saturno. Faz parte dos denominados planetas exteriores. Saturno é um planeta gasoso.

Antes da invenção do telescópio, Saturno era o mais distante dos planetas conhecidos. A olho nu não parecia ser luminoso. O primeiro ao observar seus anéis foi Galileu em 1610, porém devido a baixa inclinação de seus anéis e a baixa resolução de seu telescópio lhe fizeram pensar a princípio que se tratava de grandes luas. O movimento de rotação em volta do seu eixo demora cerca de 10,5 horas, e cada revolução ao redor do Sol leva 30 anos terrestres.

Bons Sentimentos: Com a cabeça no espaço
Publicado por Espertalhões às 16:52

| Deixe Comentário

Sistema Solar - Júpiter

Existem nove planetas que giram à volta do Sol. Alguns são sólidos, como a Terra , outros são moles, como Júpiter, porque são constituídos por gás.
O maior planeta é Júpiter e o menor é Mercúrio. Júpiter é o quinto planeta mais distante do Sol e é conhecido pela Grande Mancha Vermelha e pelos seus quatro grandes satélites: Ganímedes, Europa, Io e Calisto.
Júpiter tem inúmeros satélites naturais em torno de si. Em 15 de Maio de 2003, Scott Sheppard publicou no jornal Nature a descoberta de 23 novos satélites de Júpiter. Isso aumentou o total de satélites conhecidos para 61. Hoje, Júpiter tem 63 satélites conhecidos.
Júpiter é um dos planetas do sistema solar que têm anéis, tendo um sistema de anéis planetários composto por partículas de poeira cósmica, embora não tão evidente como Saturno.
Júpiter tem um campo magnético muito forte. Se ele pudesse ser enxergado, a imagem dele visto da Terra teria o tamanho cinco vezes maior do que o disco da Lua cheia, apesar da grande distância.
Júpiter é conhecido desde tempos remotos, visível a olho nu no céu da noite. Em 1610 Galileo Galilei descobriu as quatro maiores luas de Júpiter usando um telescópio, a primeira observação de luas que não fossem a da Terra.
(Pesquisa feita pelo Diogo Henriques)
Bons Sentimentos: Com a cabeça no espaço
Publicado por Espertalhões às 16:46

| Deixe Comentário | Quem nos escreveu (1)

Sistema Solar - Marte

Marte é o quarto planeta a contar do Sol e é o último dos quatro planetas telúricos no sistema solar, situando-se entre a Terra e a cintura de asteróides.
De noite, aparece como uma estrela vermelha, razão por que os antigos romanos lhe deram o nome de Marte, o deus da guerra. Os chineses, coreanos e japoneses chamam-lhe "Estrela de Fogo.
Marte é um planeta com algumas afinidades com a Terra: tem um dia com uma duração muito próxima do dia terrestre e o mesmo número de estações.
Marte tem calotas polares que contêm água e dióxido de carbono gelados, a maior montanha do sistema solar - o Olympus Mons, um desfiladeiro imenso, planícies, antigos leitos de rios secos, tendo sido recentemente descoberto um lago gelado.
Bons Sentimentos: Com a cabeça no espaço
Publicado por Espertalhões às 16:37

| Deixe Comentário

Sistema Solar - Terra

A Terra é o terceiro planeta do sistema solar, e o único que tem vida.
Tem ar e água essenciais para todos os seres vivos. A atmosfera é constituída por várias camadas diferentes.
O vento, sol, chuva ou neve é o tempo que se passa à nossa volta .
A Terra tem 4 estações: Primavera, Verão, Outono, Inverno; Porque a terra se inclina ao girar em volta do sol. Quando o Pólo Norte se vira para o Sol é Verão no Norte e Inverno no Sul.
A Terra tem 7 Continentes que são; América do Norte, América do Sul,
Europa, Ásia, África, Austrália e por fim a Antárctida .
A Antárctida é o continente mais frio, que fica a Sul da terra, é onde tem 90% do gelo mundial. Também é o único continente onde não há habitantes permanentes. A terra gira à volta de um eixo imaginário que vai do Pólo Norte ao Pólo Sul.
O Equador é uma linha imaginária que divide a Terra em duas metades iguais.
O Sol é a maior fonte de energia da Terra .

A água é o líquido mais importante da terra. Não tem cheiro, cor, nem sabor sem ela não podemos sobreviver.O lugar mais seco da terra é o deserto de Atacama na América do Sul esteve 400 anos sem chover. A Terra vista do espaço parece azul porque stá quase toda coberta de água. Por baixo das ondas existe um mundo secreto que ainda ma começámos a explorar.

(Pesquisa feita pela Sara Carvalho)

Bons Sentimentos: Com a cabeça no espaço
Publicado por Espertalhões às 16:29

| Deixe Comentário

Sistema Solar - Vénus

Vénus é o objecto mais brilhante do firmamento a seguir à Lua e ao Sol, pelo que despertou a atenção do Homem desde os tempos mais remotos. Tal como no caso de Mercúrio, até ao auge da astronomia grega pensava-se que a estrela da manhã e a estrela da tarde eram dois corpos diferentes: Eosphorus e Hesperus.
Galileu foi o primeiro a observar que Vénus apresenta fases, como a Lua (e, aliás, como Mercúrio). Na verdade, todos os planetas apresentam a fase gibosa, mas só Mercúrio e Vénus podem apresentar as fases falcadas. A observação, por Galileu, das fases de Vénus foi um dos principais suportes do heliocentrismo.
A razão por que Vénus tem um albedo tão alto (é tão brilhante) é que este planeta se encontra coberto por uma espessa e densa camada quase uniforme de nuvens, compostas predominantemente por ácido sulfúrico e dióxido de carbono, que reflectem a luz solar
A atmosfera de Vénus é 92 vezes mais densa que a terrestre, por essa razão a pressão na sua superfície é equivalente a mergulhar 920 metros de profundidade no mar. Além disso, a atmosfera é composta principalmente de gás carbónico o que provoca um efeito de estufa enorme fazendo de Vénus o planeta mais quente do sistema solar, com 460oC no equador do planeta.
O Ano de Vénus é menor que o seu próprio dia. O ano dele dura 224 dias terrestres (uma revolução completa ao redor do Sol). O dia (uma rotação completa) dura 243 dias terrestres e a rotação de Vénus é no sentido contrário ao dos outros planetas. Enquanto o Sol nasce do lado leste em todos os planetas, em Vénus o Sol nasce do lado oeste.
Nem mesmo o facto dele demorar 243 dias terrestres para completar uma rotação (1 dia) o faz arrefecer do lado nocturno.
(Pesquisa feita pelo Miguel)
Bons Sentimentos: Com a cabeça no espaço
Publicado por Espertalhões às 16:23

| Deixe Comentário

Sistema Solar - Mercúrio

Mercúrio teve o seu nome atribuído pelos romanos baseado no mensageiro dos deuses, de asas nos pés, porque parecia mover-se mais depressa do que qualquer outro planeta. É o planeta mais próximo do Sol, e o segundo mais pequeno do sistema solar. O seu diâmetro é 40% mais pequeno do que o da Terra e 40% maior do que o da Lua. É até mais pequeno do que Ganímedes, uma das luas de Júpiter e Titan uma lua de Saturno.
Se um explorador andasse pela superfície de Mercúrio, veria um mundo semelhante ao solo lunar. Os montes ondulados e cobertos de poeira foram erodidos pelo constante bombardeamento de meteoritos. Existem escarpas com vários quilómetros de altura e centenas de quilómetros do comprimento. A superfície está ponteada de crateras. O explorador notaria que o Sol parece duas vezes e meia maior do que na Terra; no entanto, o céu é sempre negro porque Mercúrio praticamente não tem atmosfera que seja suficiente para causar a dispersão da luz. Se o explorador olhasse fixamente para o espaço, veria duas estrelas brilhantes. Veria uma com tonalidade creme, Vénus, e a outra azul, a Terra.
Apesar de Mercúrio não estar preso ao Sol, o seu período de rotação está relacionado com o período orbital. Mercúrio roda uma vez e meia por cada órbita. Por causa desta relação de 3:2, um dia em Mercúrio (desde o nascer do Sol até ao nascer do Sol do dia seguinte) dura 176 dias terrestres.
Bons Sentimentos: Com a cabeça no espaço
Publicado por Espertalhões às 16:18

| Deixe Comentário