#Espertalhões

#Junho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

#Novas Aprendizagens

# Carta ao Senhor Ministro ...

# Primavera

# Se eu fosse um grilo

# Um dia triste

# A Ideia do Timóteo

# A Ideia do Timóteo - II

# A Ideia do Timóteo - I

# Se eu fosse um espantalho

# Espanta-Pardais e Maria P...

# Espanta-Pardais

#Já Aprendemos

# Junho 2008

# Maio 2008

# Abril 2008

# Março 2008

# Fevereiro 2008

# Janeiro 2008

#tags

# todas as tags

blogs SAPO
Quarta-feira, 5 de Março de 2008

Sábios Como Camelos - I

 

Eu e a minha turma fizemos uma actividade com o 2.º ano.
Primeiro a nossa professora contou-nos uma história.
A história era que um grão-vizir gostava muito de ler.
Uma vez estava em viagem e levou os seus 400 camelos, por ordem alfabética.
O primeiro camelo chamava-se Aba, o segundo chamava-se Bahal e até ao último camelo, o Zuzá.
Assim, cada vez que queria um livro mandava parar a cáfila.
Uma noite veio uma grande tempestade, as dunas pareciam mexer.
A areia era tanta que entrava dentro do corpo.
Quando a tempestade de areia acabou passados alguns dias ele chega ao seu palácio.
Muito triste quem é que lhe ia contar histórias?!
Os camelos não tinham morrido, quase a morrer à fome, começaram a comer os livros.
Andaram às voltas, às voltas.
Passados 398 dias conseguiram chegar ao palácio e já tinham comido os livros.
A chorar, o que tomava conta dos camelos explicou tudo, mas o grão-vizir não se comoveu. Ele disse que por cada livro comido ia passar um dia na prisão.
Ia ficar preso 440 anos, muito antes disso iria morrer de velhice.
Um camelo aproximou-se e disse que ele é que lhes tinha salvo a vida.
Todos muito admirados, como é que o camelo falava?!
O pedido do camelo foi feito.
Assim, cada vez que o grão-vizir quisesse ouvir histórias, os camelos contavam-lhe.
 
Para a actividade, primeiro preparámos os materiais para ir mostrar ao 2.º ano. Fomos lá mostrar imagens sobre a história. Os do 2.º ano deram muitas opiniões sobre o que achavam. Depois, no dia 29 de Fevereiro, fomos lá contar a história.

 

Eu gostei muito.
(Ana Beatriz)
Bons Sentimentos: Sábia como um camelo
Publicado por Espertalhões às 19:46

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres